Buscar
  • Guilherme William Brassanini

Paralisia do Sono

Atualizado: Mar 29

PARALISIA DO SONO - o que você precisa saber!

🔹É Anormal ter paralisia do sono?

- Não! A paralisia do sono é uma parassonia benigna e bastante frequente na população.

🔹Pq acontece?

- Ela acontece quando a pessoa acorda durante o estágio REM do sono (estágio que se caracteriza por atividade cerebral intensa e SONHOS bastante vívidos). No REM temos um relaxamento muscular importante (hipotonia/atonia), um mecanismo inteligente que nosso corpo encontrou para que não reproduzíssemos dormindo os movimentos que realizamos durante os sonhos, evitando acidentes. A sensação de paralisia acontece porque o cérebro da pessoa despertou antes do corpo, enquanto a pessoa estava em sono REM. Ou seja, uma dessincronização entre corpo ("dormindo") e mente ("em vigília"). Nesse momento apenas músculos que controlam a respiração e movimentos oculares contraem normalmente enquanto sua mente tenta entender o que está acontecendo.

🔹O que a pessoa sente durante a paralisia do sono?

- A sensação é exatamente essa: você está consciente, mas não consegue se movimentar ou falar, pois os músculos do seu corpo não respondem aos comandos do cérebro. Ele age como se a pessoa ainda estivesse dormindo, misturando a realidade com os sonhos.

E é nesse momento que surgem os mais diversos relatos dessa "experiência"! Alguns experimentam intenso terror, supondo que estão enlouquecendo ou prestes a morrer. Outros, vivenciam sensação de "não estar sozinho" relatando experiências sobrenaturais. Já outros relatam sensação de estarem flutuando ou de sair do corpo. A duração do episódio varia entre segundos até minutos.

🔹O que fazer na hora?

-Primeiramente manter a calma: como seus músculos respiratórios e oculares estão contraindo normalmente vale a pena focar neles. Quando alguém toca na pessoa que está tendo o episódio ou quando a pessoa consegue pensar de forma lógica focando sua energia para, aos poucos, tentar se movimentar, os episódios tendem a durar menos tempo.

🔹️ Quais fatores que predispõem sua ocorrência?

  • Má higiene do sono (ex: Horários de sono irregular)

  • Estresse e cansaço elevados (físico/ mental/ espiritual)

  • Mudanças repentinas na vida e/ou rotina;

  • Sono induzido por medicamentos

  • Uso de drogas em excesso

  • Outros distúrbios do sono/ ritmo biológio.

  • Alterações hormonais (principalmente relacionados ao ciclo circadiano: ex: melatonina)

🔹️ Como evitar?

-Melhorando sua qualidade do sono e seus hábitos diários, vida saudavel e controle entre corpo/ mente e espirito são fundamentais.

🔹️ Atenção:

Mesmo sendo um quadro BENIGNO, o aumento de sua frequência pode ser um sinal de que algum fator predisponente pode estar atuando no organismo e por isso é sempre válida uma avaliação.


58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo